Encontre-nos no Google+ Cheff Incasa - Sabor e Simplicidade: Alimentos Funcionais

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Alimentos Funcionais





Alimentos funcionais podem ser definidos como todo alimento ou ingrediente que, além das funções nutricionais básicas, quando consumidos como parte da dieta usual, produzem efeitos metabólicos ou fisiológicos ou efeitos benéficos à saúde, devendo ser seguros para o consumo sem supervisão médica.

São alimentos que, além de fornecer nutrientes, tem a capacidade de atuar sobre a saúde das pessoas, prevenindo doenças.

É possivel prevenir doenças como diabetes, câncer e doenças cardiovasculares. em geral, consumindo alimentos funcionais diariamente.


Nos alimentos funcionais estão componentes bioativos que podem auxiliar para a promoção da saúde, com adequada e segura orientação, pois o alimento por si só não é capaz de prevenir doenças, mas sim, uma alimentação completa e variada, equilibrada, individualizada e ajustada.

O composto bioativo e sua quantidade presente no alimento, determinam a funcionalidade e a indicação para reduzir os riscos de desenvolvimento de algumas doenças. Os alimentos funcionais não são "alimentos mágicos". O importante é consumi-los de forma regular; sem excessos e continuar uma alimentação variada e adequada.

Vamos conhecê-los?


- Abacate: Indicado na prevenção e tratamento de cardiopatias, esse fruto é rico em ácidos graxos monoinsaturados, carotenóides. Comparado com as outras frutas, apresenta uma maior concentração de proteínas, mas deve ser evitado em dietas de emagrecimento pelo alto teor de gorduras.

- Alho: A aliina, que é transformada em alicina quando o alho é esmagado ou triturado, desempenha importante papel na prevenção de alguns tipos de câncer, como o de pulmão, estômago e fígado, e tende a diminuir a pressão sanguínea e os níveis de colesterol. A alicina atua como bloqueadora da ação de nitrosaminas e da aflatoxina, que são potentes causadores de câncer. Possui, também, componentes sulfúricos, que estimulam a atividade imunológica do organismo, protegendo-o contra doenças infecciosas.

- Cereais: Principalmente os integrais (que não passam por refinamento), são ricos em fibras, carotenóides, tocoferóis e tocotrienóis, selênio e fenóis. Graças a esses componentes, os cereais têm a capacidade de reduzir o colesterol sanguíneo e diminuir o risco de desenvolver câncer nos órgãos do sistema digestivo, principalmente de estômago, cólon e reto.

- Chá verde: Também conhecido como chá chinês, possui uma substância chamada catequina, que provavelmente inibe o desenvolvimento de alguns tipos de câncer, como o de mama.

Frutas citricas: Frutas como laranja, limão, mexerica e lima possuem terpenos e limonóides, que protegem o organismo de substâncias que estimulam a formação de câncer. Outro efeito produzido por essas substâncias é a redução da taxa de colesterol do sangue. Essas frutas também possuem vitamina C, que é antioxidante.

- Leite e derivados: Possuem o cálcio, que previne a osteoporose e o câncer de cólon. Leites fermentados e alguns tipos de queijo possuem também probióticos, que agem sobre a flora bacteriana do intestino, dificultando a fixação de bactérias prejudiciais à saúde e melhorando o aproveitamento de determinados nutrientes. Os probióticos também previnem o câncer de cólon e controlam os níveis de colesterol no sangue.

- Peixe e óleo de peixe: Contém os ácidos graxos ômega - 3 que diminuem as chances de desenvolver doenças cardiovasculares como a hipertensão arterial, a aterosclerose e complicações de doenças inflamatórias. Também ajudam na prevenção de cânceres de mama, cólon, pele, pâncreas, próstata, pulmão e laringe.

- Repolho, couve, couve-flor, couve-de-bruxelas, brócolis: Esses vegetais possuem substâncias chamadas glicosinolatos, que estimulam a função de desintoxicação do fígado, o que favorece a eliminação de agentes formadores de câncer. Esses vegetais previnem o câncer de bexiga e de mama e inibem o crescimento de tumores em geral.

-Soja: É um potente inibidor de doenças por possuir várias substâncias com ação preventiva. Uma dessas substâncias é o fitoesterol que previne a osteoporose, o câncer de mama, de próstata e de cólon. Os fitoesteróis amenizam os sintomas da menopausa e reduzem os niveis de colesterol. Outra substância é o inibidor de protease. que retarda odesenvolvimento dos cânceres de cólon, boca, pulmão, fígado. pâncreas e de esôfago.

- Tomate: Possui uma substância com alto poder antioxidante, o licopeno. que previne, comprovadamente, o câncer da próstata e parece prevenir também os cânceres de pâncreas, intestino grosso, reto, esôfago, cavidade oral, mama, e colo do útero.

- Uvas e vinho: A casca da uva (e por isso o vinho) contém compostos fenólicos, resveratrol e quercetina que diminuem o risco de aparecimento de doenças cardiovasculares e aterosderose e previnem também o desenvolvimento de vários tipos de câncer. Mas, cuidado! O consumo de vinho acima de um cálice por dia torna-se prejudicial à saúde. O álcool é um dos fatores desencadeantes de câncer de boca, faringe, laringe, esôfago, fígado, cólon, reto e mama, além de prejudicar a digestão e a função do figado, se consumido em excesso.

- Verduras e folhas em geral, sementes, cascas e talos de hortaliças: São ricos em fibras insolúveis, que auxiliam no funcionamento do intestino grosso e reduzem a incidência de cânceres de pâncreas, cólon, reto, mama e útero.

FONTE: Alimentos Funcionais - SESI; Alimente-se Bem 200 Receitas econômicas e nutritivas - SESI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...